A mecânica por trás da laranja

O que tem por trás da laranja confira

Em uma nota a edição de 2004 de laranja mecânica, foi adicionado um trecho explicativo sobre o título do livro e até uma citação sobre uma peça de teatro bem no estilo “horrorshow”.


Anthony Burgess escreveu uma peça teatral sobre laranja mecânica que foi produzida pela Royal Shakespeare, com letras de música e trilha sonora, na maior parte, Ludwig Van (para os menos íntimos, beethoven).
Mas essa peça não foi produzida por livre e espontânea vontade, só foi feita por que Burgess recebia muitos textos de fãs que deturpavam o ideal que laranja mecânica pregava, e que haviam alguns que só eramw mal escritos mesmo. Como bom britânico perfeccionista, ele assumiu as diretrizes e criou a peça.

Laranja mecânica é uma venerável expressão de cockney, que é um termo usado para moradores pobres do East End, em Londres, associado a rusticidade. Usada para se referir a alguma queer, não necessariamente com conotação de homossexualidade. Mas na verdade, nada seria mais queer (esquisito, no caso) do que uma laranja mecânica.


Quando Burgess foi professor na Malásia, ele pediu para que os alunos fizessem um texto sobre um dia na floresta, e eles se referiam muito ao fato de terem levado um “orang squash”, no caso seria “um suco de laranja”, mas orang em malaio, significa “ser humano”, de certo seus alunos confundiram as palavras, porque, certamente Burgess dava suas aulas em inglês.

O cockney e o malaio se confundiram em sua cabeça e formaram uma imagem de seres humanos suculentos e doces como laranjas, forçados à condição de objetos mecânicos.

Right, right, right my drugees? rs

Até mais e obrigada pelos peixes!!!

About Bella Bertoli 6 Articles
1,58m de desculpa qualquer coisa. Ama de coração quadrinhos e filmes, e acha que entende de ambos. Coleciona Hqs há 7 anos e contando. Descobri há um tempo minha vocação e senso crítico pra falar sobre esses assuntos. Desde criança tendo contato com esse multiverso da cultura pop, que provavelmente vou inserir meu pequeno reizinho.

Comentários

Leave a Reply

Newsletter